Vinho Riesling: características, harmonizações e mais

Você sabia? O vinho Riesling é um dos vinhos mais populares do mundo. Não à toa, neste 13 de março, comemoramos o Dia Mundial do Riesling, uma celebração anual para apreciar essa bebida incrível.

Mas o que faz o Riesling ser tão especial? E como você pode escolher o melhor Riesling para suas necessidades e gostos pessoais? Neste artigo, vamos falar sobre tudo o que você precisa saber sobre o vinho Riesling, desde suas origens até as melhores formas de degustá-lo.

Boa leitura!

Qual a origem do vinho Riesling?

O vinho Riesling é um vinho branco feito a partir da uva Riesling. A uva Riesling é nativa da Alemanha, mas é cultivada em todo o mundo, incluindo na França, na Austrália e nos Estados Unidos. O vinho Riesling é conhecido por sua acidez vibrante e sua ampla gama de sabores, que variam desde frutas cítricas e florais até notas de mel e petrolato.

Castas Brancas - Riesling | Clube de Vinhos Portugueses

Acredita-se que a uva Riesling seja cultivada na Alemanha desde o século XV. Durante séculos, a variedade era usada principalmente para fazer vinho doce, mas com o tempo, os produtores começaram a produzir vinhos mais secos e elegantes. Hoje em dia, o vinho Riesling é um dos vinhos brancos mais populares do mundo.

Tipos de vinho Riesling?

Existem vários tipos de vinho Riesling, que variam de seco a doce. Os vinhos mais secos são geralmente produzidos em regiões mais frias, como a Alemanha, enquanto os vinhos mais doces são encontrados em regiões mais quentes, a exemplo da Austrália. Alguns dos tipos mais comuns de vinho Riesling incluem:

  • Riesling seco
  • Riesling Kabinett (semi-doce)
  • Riesling Spätlese (doce)
  • Riesling Auslese (muito doce)
  • Riesling Beerenauslese (extremamente doce)

Como harmonizar o vinho Riesling?

A melhor forma de degustar o vinho Riesling é começar pelo aroma. O Riesling tem um aroma muito distintivo, com notas florais e de frutas cítricas. Em seguida, experimente um gole e deixe o vinho passar por todo o paladar. Você notará uma acidez vibrante, equilibrada com notas de frutas, mel e petrolato.

Para apreciar o vinho Riesling ao máximo, separamos uma série de harmonizações possíveis. Confira a seguir.

 

Comida picante

Riesling é uma boa opção para comida picante, como curry, comida tailandesa ou mexicana. O teor de açúcar do vinho ajuda a equilibrar o calor da comida, enquanto a acidez refrescante corta a gordura e limpa o paladar.

 

Frutos do mar

Riesling é frequentemente considerado um bom vinho para frutos do mar, especialmente crustáceos como caranguejos e lagostas. A acidez brilhante do vinho funciona bem com a doçura natural da carne dos frutos do mar.

 

Carne de porco

A doçura do Riesling harmoniza bem com a carne de porco, especialmente se a carne estiver temperada com sabores mais leves, como maçãs, sálvia ou alecrim.

 

Comida asiática

Riesling é frequentemente considerado um vinho ideal para harmonizar com a cozinha asiática, como sushi, rolinhos primavera e Phở (sopa tradicional vietnamita). A acidez do vinho funciona bem com molhos de soja, enquanto sua doçura equilibra sabores picantes.

 

Queijos

Riesling pode ser um bom vinho para harmonizar com queijos, especialmente aqueles com sabores suaves, como queijo de cabra ou Brie. O teor de açúcar do vinho ajuda a equilibrar a acidez dos queijos, enquanto sua acidez refrescante limpa o paladar após cada mordida.

Escolhendo o melhor vinho Riesling

Ao escolher o melhor vinho Riesling, leve em consideração o seu gosto pessoal. Se você prefere vinhos secos, escolha um Riesling seco ou Kabinett. Portanto, se você prefere vinhos mais doces, escolha um Spätlese ou Auslese.

Além disso, também leve em conta o local de origem do vinho. Como mostramos aqui, os vinhos Riesling da Alemanha são conhecidos por sua acidez vibrante e sabor fresco, enquanto os vinhos Riesling da Austrália têm um sabor mais frutado e doce. Os vinhos Riesling da França apresentam elegância e complexidade.

Outro fator importante a considerar ao escolher um vinho Riesling é a safra. Os vinhos Riesling têm potencial de envelhecimento, e alguns dos melhores exemplares são aqueles que foram armazenados por vários anos. No entanto, nem todos os anos são iguais, e algumas safras podem ser melhores do que outras.

Como armazenar o vinho Riesling?

O ideal é armazenar o vinho Riesling na posição vertical ou horizontal, desde que em um local fresco e escuro. A temperatura ideal de armazenamento é entre 10°C e 13°C, com uma umidade relativa de cerca de 70%. Então fica a dica: evite armazenar o vinho Riesling em um local onde ele possa ser exposto à luz solar direta ou a temperaturas extremas.

 

Contudo, o vinho Riesling é um dos vinhos brancos mais populares do mundo, com uma ampla gama de sabores que variam de cítricos e florais a notas de mel e petrolato. Para escolher o melhor Riesling para você, leve em consideração o seu gosto pessoal, o local de origem do vinho e a safra. E não deixe de conferir as opções da nossa parceira Werle Comercial. Feliz Dia Mundial do Riesling!

Delci Werle é sommelière gaúcha, casada, mãe de duas filhas. Da família de descendência alemã, herdou a paixão por vinhos e gastronomia. Com o marido, veio o empreendedorismo e a distribuição de bebidas em São Leopoldo, Rio Grande do Sul.

No currículo, cursos e conhecimentos diversos. Graduada na área da educação nos anos 80, passando por Secretariado Bilíngue (Unisinos) e mais recentemente um MBA em Inovação, Liderança e Gestão 3.0 (PUC-RS), Delci já trabalhou como professora e por longos anos esteve na indústria.

De 2009 pra cá, a gestão dos negócios tomou conta da sua rotina em definitivo. Atualmente, Delci está à frente da Werle Comercial, um dos maiores e-commerces de bebidas do Brasil. Ela sabe que empreender não é tarefa fácil atualmente, mas o desafio também é seu hobby: “o empreendedor deve estar em constante atualização, sempre atento às tendências de comportamento dos consumidores. Tenho sede por conhecimentos, novidades. Estou sempre me atualizando e de olho no que acontece no mercado!”.

Deixe um comentário