Harmonizar doces e vinhos: uma verdadeira arte

O artigo de hoje é uma verdadeira “maldade”.  Especialmente com as temperaturas mais amenas, temos tendência de consumir mais e mais guloseimas. Mas fato é que combinar doces e vinhos é uma verdadeira perdição, já adiantamos.

No post de hoje, conseguimos reunir uma série de dicas para a hora de combinar doçura e a nossa bebida preferida. Prepare o guardanapo. Vai dar água na boca!

 

Harmonizar doces e vinhos é difícil?

Vinhos e doces são um belo casamento. No entanto, nem sempre é fácil harmonizá-los.

O norte é o seguinte: sobremesa pesada? Vinho mais forte e encorpado. Sobremesa mais leve? Vinho na mesma linha!

Três conselhos de ouro:

  • Se o vinho estiver um pouco mais gelado, ele ficará menos enjoativo
  • O vinho precisa ter dulçor igual ou superior ao da sobremesa. Isso porque o açúcar adormece as papilas gustativas, fazendo com que o doce pareça sem graça
  • Aplique as regras normais de harmonização. Sobremesa e vinho devem ter componentes semelhantes, complementares ou contrastantes (no caso de quem prefere ousar)

Pronto? Vamos aos rótulos e cardápio de sobremesas!

Que doces harmonizam com vinho tinto?

A melhor sobremesa para harmonizar com os tintos é a que tem chocolate como base.

Tabletes de chocolate sendo derretidos em uma panela

Dificilmente haverá erro ao harmonizar mousses, tortas, trufas, cupcakes e brownies com algum tinto encorpado, como o Cabernet Sauvignon, Syrah ou um chiquérrimo Vinho do Porto.

Estas também são boas alternativas quando o doce tiver como base os chocolates meio amargo e amargo.

Como harmonizar sobremesas e vinhos rosé?

Tem coisa melhor do que fechar a ocasião com uma boa sobremesa e um rótulo de vinho rosé refrescante? Ninguém tem coragem de botar defeito!

Para combinar em perfeita harmonia, o ideal é que o prato do gran finale não seja tão doce e tenha frutas na sua composição.

harmonizar doces e vinhos

Desta forma, frutas frescas servidas após as refeições harmonizam perfeitamente com um rosé. Experimente sobremesas que levem melão ou frutas vermelhas, como cerejas, framboesas e amoras. Aliás, um bolo branco com algumas destas frutinhas fica delicioso com um rosé refrescante.

E que tal um sorbet de frutas tropicais? Geladinho e perfeito para harmonizar com um rosé nos dias quentes de verão!

Harmonizando a sobremesa com vinhos brancos

Para os rótulos brancos, há uma lista de ótimas opções para a última parte do almoço ou jantar. Pratos à base de baunilha, caramelo ou frutas, como o coco, fazem o maior sucesso na hora de harmonizar.

Sobremesas com frutas

Um delicioso cheesecake com calda de frutas, assim como as saladas de frutas e tortas de maçã pedem vinhos leves, com o mesmo teor de açúcar e com notas cítricas. O vinho Moscatel pode encantar e casar perfeitamente.

Sobremesas com leite e ovos

Aquele delicioso pudim, os manjares e os cremes brûlées compõem uma bela harmonização com vinhos de uvas de colheita tardia. Aposte em vinhos Riesling, Sauvignon Blanc, Gewürztraminer e Sémillon.

Sobremesas com doce de leite

Por serem pratos bastante açucarados, doces como churros e alfajores pedem uma bebida que faça contraste. O recomendado é um rótulo ácido para não deixar a experiência enjoativa. Aposte no Pinot Gris.

Quem disse que harmonizar doces e espumantes é tarefa complicada?

Todo o glamour, efervescência e translucidez dos espumantes exigem um bom encerramento da ocasião especial. Frutas e fondues são um belo casamento com a bebida.

Os espumantes mais doces são as melhores indicações para sobremesas. Um Demi-Sec é uma boa pedida para um mil folhas com creme de baunilha. O mesmo para o tradicional e fofinho panetone, além de bolos cremosos.

Bebidas à base de uva Moscatel ou espumantes Asti, ambos com dulçor marcante, são outras que harmonizam com os doces.

Chocolates e espumantes: um belíssimo casamento

E quanto aos chocolates? Estes são tão amados, que a gente abriu uma classificação à parte:

  • Brut Rosé combina com trufas de cerejas
  • Demi-Sec combina com chocolate ao leite com wafer
  • Prosecco combina com damascos cobertos com chocolate
  • Moscatel combina com chocolate branco com morangos
  • Brut combina com chocolate amargo e bombons de nozes

E então, o que você achou das nossas dicas para combinar doces e vinhos? Escreva para o I Love com mais ideias. Vamos adorar reproduzi-las por aqui!

Veja também: Tudo sobre a Malbec (e uma receita incrível!)

Delci Werle é sommelière gaúcha, casada, mãe de duas filhas. Da família de descendência alemã, herdou a paixão por vinhos e gastronomia. Com o marido, veio o empreendedorismo e a distribuição de bebidas em São Leopoldo, Rio Grande do Sul.

No currículo, cursos e conhecimentos diversos. Graduada na área da educação nos anos 80, passando por Secretariado Bilíngue (Unisinos) e mais recentemente um MBA em Inovação, Liderança e Gestão 3.0 (PUC-RS), Delci já trabalhou como professora e por longos anos esteve na indústria.

De 2009 pra cá, a gestão dos negócios tomou conta da sua rotina em definitivo. Atualmente, Delci está à frente da Werle Comercial, um dos maiores e-commerces de bebidas do Brasil. Ela sabe que empreender não é tarefa fácil atualmente, mas o desafio também é seu hobby: “o empreendedor deve estar em constante atualização, sempre atento às tendências de comportamento dos consumidores. Tenho sede por conhecimentos, novidades. Estou sempre me atualizando e de olho no que acontece no mercado!”.

03 comments on “Harmonizar doces e vinhos: uma verdadeira arte

Deixe um comentário